19 de setembro de 2008

Brasil - Australia

Cheguei em Melbourne!!! Mas a aventura da viagem preciso contar, porque tres escalas nao e pra qualquer um, nao aguentava mais pousar e decolar...

Embarquei dia 16 de setembro ai no Brasil, as 16:35. O maior chororo do mundo, minha familia, minhas sobrinhas, cunhados, irmaos, pai e mae, todo mundo no aeroporto. E como vim com meu primo ainda estavam os meus outros primos tambem e minha tia, o pacote completo para um rio de lagrimas.

Primeira escala: Santiago - Chile

Voo tranquilo, 4 horinhas, sossegado. E o melhor ainda, fazia muito tempo que nao pegava um voo num aviao super moderno. Nem vi o tempo passar brincando no meu proprio laptop de bordo! A tevezinha tinha tantas opcoes que acabou o voo e eu nem me diverti tanto quanto eu queria, afinal de contas nao consegui chegar no premio de 1 milhao no joguinho "Who wants to be a millionaire?", uma das muitas opcoes do brinquedo. E ainda assisti o filme Sex and the City (chorei mais um pouco, filminho de mulher todo cheio de romance, ai, ai...)

Segunda escala: Auckland - Nova Zelandia

Esse foi a tortura maior, 13 horas e meia! Ate ai normal, era de se esperar, mas o que tinha por vir eu nao esperava...
Eu e meu primo nao pegamos assento juntos, entao ainda no Chile fomos trocar a passagem. A moca do check-in informou que so havia assento disponivel para os dois juntos nos bancos centrais, que nao dava para os corredores, numa fila de 4 assentos. Sem problema...
Mas qual nao foi a surpresa quando embarcamos: do lado dele um japones bebado e do meu lado uma tiazinha de uns 100 anos e 392 quilos. A fila atras de nos so tinha 1 rapaz no corredor (isso porque nao tinha assento junto com disponibilidade para um dos dois ficar no corredor, mas tudo bem). Sugeri pro meu primo pra pularmos pra fileira de tras, ai ficariamos mais tranquilos, e ainda sobraria um assento livre na fileira, e ficaria tranquilo todo mundo. Enrolamos, enrolamos e acabamos nao decidindo nada e ficando la mesmo.
Jesus, umas 2 horinhas depois eu ja me sentia uma sardinha enlatada, pois a tiazinha roubava todo o meu minimo espaco para dar uma mexidinha no banco, ou seja, eu tava meio esmagada!
Depois de umas 7 horas de voo eu senti que meu corpo inteiro iria necrosar sem circulacao sanguinea, e a tiazinha ainda tava dormindo e eu nao podia sair. Mas nao teve jeito, antes de eu ter uma trombose generalizada acordei a mulher e fui dar uma volta.
Quando olho no banco de tras, surpresa: o rapaz que estava na minha tao desejada "mais-sossegada-fileira-de-tras" estava assim: deitado, com tres travesseirinhos, cobertinha, tinha transformado 4 poltronas da classe economica em uma mega cama de primeira classe e estava dormindo como um nene. Ou seja, morri de inveja! Pior, morri de raiva de mim mesma por nao ter mudado de lugar pra ficar pelo menos um pouquinho mais confortavel! Detalhe que nesse voo nem laptop de bordo tinha pra me distrair por longas horas. Bom, ao menos assisti o Indiana Jones que passou na teve coletiva...

Terceira escala: Sidney - Australia

Ah, finalmente na Australia! Opa, mas estou indo pra Melbourne, ainda tinha chao. Em Sidney a correria foi espetacular e emocionante! Nao tinhamos o bilhete do voo Sidney - Melbourne e fomos informados que teriamos que fazer check-in de novo, ou seja: pegar os 60 kg de mala, passar pela imigracao e fazer check-in de novo num voo domestico para Melbourne.
Em Sidney existem 2 aeroportos distintos, mais ou menos um Guarulhos e um Congonhas um ao lado do outro, um domestico e um internacional. E la vamos nos do aeroporto internacional pegar o transfer da companhia aerea lotados de bagagem para irmos pro outro aeroporto, o horario do voo quase chegando e a gente meio perdido. A maior comedia de todos os tempos!!!
Bom, mas tirando o fato de eu estar carregando uns 70 kg de peso e meu primo idem, fomos dando muita risada e prometendo matar o nosso agente de viagem por essa, que acho que nem ele sabia que ia acontecer... Mas o mais legal dessa escala foi que na hora de passar pela imigracao tava tao lotado que uma agente da PF australiana chegou em mim e no meu primo, perguntou se a gente estava levando comida ou animais na bagagem, mal olhou o passaporte e dispensou a gente, nem passamos no raio X. Me dei bem, nem acharam meus 900 kg de drogas e contrabando de armas... (brincadeirinha!!!)

Destino final: Melboune - Australia

Finalmente no destino final!!! Mas ainda faltava chegarmos no nosso endereco, afinal de contas os 70 kg de bagagem agora iam passear de verdade pela Australia.
Pegamos um onibus estilo Airport Service porque meu primo jurou que parava perto de onde iamos nos hospedar. Parou umas 10 quadras de distancia. Tivemos que pegar um taxi que na verdade era uma taxi-van (afinal onde ia caber aquele monte de malas?), mas acabou dando tudo certo, porque nessa brincadeira de pegar o onibus e o taxi ao inves de pegar o taxi direto do aeroporto , alem de gastarmos umas calorias no halterofilismo de bagagem, economizamos uns 15 dolares cada um! Muito bom!

Bom, no final das contas, apos um tempao de voo que nem sei dizer quanto foi no total (acho que mais ou menos umas 22 horas), cheguei ao meu destino final inteirinha e feliz da vida.

E o mais legal, uma coisa que eu comentei com o meu primo: descobri que viajar no tempo e a coisa mais simples do mundo! Afinal de contas, sai do Brasil no dia 16 de setembro as 17 horas, e umas 30 horas depois estava na Australia no dia 18 de setembro ao meio dia.

Ou seja, eu vim pro futuro!!!

Musica do dia: The Power of Love Huey Lewis (tema do filme De volta para o Futuro)

PS: Desculpem-me pelo texto estar sem acentuacao, mas estou escrevendo do laptop de um amigo que nao tem esse recurso (ou pelo menos eu nao sei usa-lo, rsrs)

4 comentários:

Clóvis disse...

Nossa!!! Que legaaal!!! =) Nos deixe sempre informados de sua morada aí na Austráliaaaa!!! =) =) =) poste mais histórias!!! Adorei essas daí do avião kkkkkkkk

Sayuri disse...

O futuro é quente? Você já sente os poderes do Aquecimento Global? shauehuishauiehuishae

Espero que esteja se divertindo tanto quanto a gente, lendo suas peripécias ;D

jairo disse...

Vc foi pro futuro??
grande coisa! nd dia 17 pra 18 eu tb fui pro futuro (amanhã é futuro, não é? todo dia eu vou pra amanhã!)ehheheehheheehehehheeh

Cíntia disse...

Aventuras só acontece com vc né? hahahaha
Agora vc está no nosso futuro né? Não se esqueça de me passar o número da mega sena para eu jogar aqui heim! hahahaha
O mais chato do futuro é que a gente se sente um dia mais velha. rsrsrsrs
Beijos.